BOM CONSELHO PE

Montagem criada Bloggif
SE VOCÊ QUE CRIAR SEU BLOG PARTICULAR,
AQUI NÓS FAZEMOS E DAMOS MANUTEÇÃO. CONTRÁTENOS PELO TELEFONE OU E-MAIL ABAIXO.

(087)8839-1465/9991-9711
aguiadouradafcm@bol.com.br
bandamarcialfreidimasbc@hotmail.com

ANUNCIE AQUI!

Montagem criada Bloggif

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011



Shaolin já ouve conversa e esboça reações

Pela primeira vez, desde que chegou ao Hospital das Clínicas, em São Paulo, o humorista Shaolin deu uma pequena demonstração de sensibilidade. Ontem à tarde, enquanto recebeu a visita de sua mulher, Maria Laudicéia dos Santos, o paciente mexeu o pé sutilmente ao ouvir uma conversa. O comediante começou a receber menos sedativos no início dessa semana, após ficar completamente sedado por três dias. De acordo com o assessor de Shaolin, Alessandro Bonfim, o quadro do comediante ainda é grave, mas os exames mostram uma evolução crescente.
- Cada dia é uma vitória. Ontem, quando as pessoas falavam, ele já esboçava algum tipo de reação, como estivesse escutando - conta.
Ainda segundo o assessor, a sedação não poderá ser reduzida diariamente, como se pensava anteriormente. Por ordem dos médicos que fazem o acompanhamento clínico, a redução está sendo feita em um ritmo mais lento.
Durante a internação, Shaolin está sendo submetido a exames que servirão para balizar a reconstituição do braço do comediante.
Francisco Jozenilton Veloso, o Shaolin, de 39 anos, sofreu um acidente de carro, na noite do dia 18, quando trafegava pela BR 230 (Campina Grande), na Paraíba. Seu carro foi atingido por um caminhão que estava no sentido oposto e fazia uma ultrapassagem arriscada. O comediante teve traumatismo craniano e fratura exposta no braço esquerdo.

Menino de seis anos morre atropelado no BR-232

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, a mãe do menino, Maria Luzineide da Silva, teria pedido para ele comprar pães na outra margem da rodovia

Garanhuns recebe Cine Mais Cultura em fevereiro

O projeto Cine Mais Cultura, do Ministério da Cultura, chega em Garanhuns, no Agreste, a partir do próximo dia dez de fevereiro, todas as quintas-feiras, às 19 horas, a população poderá assistir as sessões de cinema gratuitamente. As exibições acontecerão no Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcanti, com destaque para obras cinematográficas nacionais.
Segundo a secretária de Turismo e Cultura de Garanhuns, Gabriela Valença, antes de cada sessão será realizado um debate de 15 minutos, com discussões sobre o assunto contextualizado em cada mostra. O objetivo é refletir sobre o conteúdo de cada filme.
Programação:
Dia 10 - Lula, o Filho do Brasil
Dia 17 - Tropa de Elite 1
Dia 24 - Central do Brasil

Hoje tem o espetáculo Catrevage em Caruaru

A programação do Janeiro de Grandes Espetáculos continua nesta quinta-feira (27) em Caruaru, no Agreste, no Teatro Rui Limeira Rosal, às 20h. O espetáculo dessa quinta é Catrevage (Grupo Andanças e SESC Caruaru – Caruaru), a peça Convida o público a ter um novo olhar crítico sobre as formas, o espetáculo de dança contemporânea faz um mergulho na vida de Mestre Galdino, considerado o grande artesão das figuras carrantescas do Nordeste, com o surreal concretizado nas suas obras.
A censura é livre. O ingresso terá valor único e promocional de R$ 10.

Corpo de estudante é encontrado na BR-423 em Garanhuns

Um corpo foi encontrado em decomposição perto da BR-423 em Garanhuns, no Agreste. De acordo com a Polícia Civil, o estudante, Jailson Silva de Barros, de 20 anos, saiu de casa na última sexta-feira (21) com pessoas desconhecidas e não retornou.
O corpo dele foi encontrado na noite dessa quarta-feira (26). Ainda de acordo com a Polícia Civil, Jailson Silva seria usuário de drogas, mas não há informações sobre a causa da morte. O corpo foi levado ao IML de Caruaru, também no Agreste.


Renato Aragão



Nascido no interior do Ceará, é filho do escritor sobralense Paulo Ximenes Aragão1955, tornou-se oficial do Exército (segundo-tenente de infantaria), formado pelo CPOR. Formou-se em Direito, na Faculdade de Direito do Ceará em 1961. Aos 24 anos, inscreveu-se num concurso da TV Ceará para trabalhar como "realizador" - uma espécie de diretor, redator e produtor de programas. Ele venceu, demonstrando seu talento e em pouco tempo já trabalhava como ator. O primeiro programa de televisão de que participou foi Vídeo Alegre. e Dinorá Lins. Em
Em 1964, Renato mudou-se para o Rio de Janeiro a fim de estudar direção de programas e logo foi contratado pela TV Tupi, São Paulo para trabalhar no humorístico A E I O URCA. A mudança para a TV Excelsior em 1966 lhe proporcionou a oportunidade de criar um humorístico próprio; nascia então Os Adoráveis Trapalhões, em que contracenava com Wanderley Cardoso, Ivon Cury e Ted Boy Marino. Apesar de ter participado de muitos outros programas humorísticos, Aragão nunca se esqueceria da fórmula utilizada em Adoráveis Trapalhões, e finalmente conseguiria consagrá-la em 1974, ao estrear Os Trapalhões, já regresso à TV Tupi, ao lado de Dedé Santana, Mussum e Zacarias).
Renato Aragão atuou em diversos filmes, tendo alguns recebido premiações estrangeiras, como Os Vagabundos Trapalhões e O Cangaceiro Trapalhão, no Festival Internacional de Cinema para a Infância e Juventude (Portugal), em 1984, e Os Trapalhões e a Árvore da Juventude, no III Festival de Cine Infantil de Ciudad Guayana (Venezuela), em 1993.
Entre outras grandes personalidades, Renato Aragão atuou com Pelé em 1986 no filme Os Trapalhões e o Rei do Futebol, quando gravou cenas em um Maracanã lotado antes de uma partida de seu clube de coração, o Vasco da Gama.
Fundou, em 1977, a Renato Aragão Produções Artísticas Ltda., responsável pela produção de filmes, programas de televisão, vídeos e shows, dentre outros. Recebeu, em 1980, o título de Cidadão do Estado do Rio de Janeiro e, em 1982, o título de Personalidade Ilustre do Estado do Rio de Janeiro, ambos concedidos pela Câmara Municipal do Rio de Janeiro. Em 1991, tornou-se representante especial do UNICEF e embaixador do mesmo órgão, em prol da infância brasileira. Foi condecorado chanceler da Ordem do Rio Branco, título concedido pelo MRE, em 1994. Nesse mesmo ano, foi agraciado com a admissão na Ordem Nacional do Mérito Educativo, no grau de oficial, por indicação do Ministério da Educação e do Desporto. Ainda em 1994, Renato Aragão estreou um programa em Portugal, a convite da emissora portuguesa SIC, com a participação dos atores Dedé Santana e Roberto Guilherme, além de vários artistas portugueses. Em 1995, recebeu o título de Cidadão Paulistano, concedido pela Câmara Municipal de São Paulo. O grupo "Os Trapalhões" entrou para o Guinness Book, o livro dos recordes, em 1997, como o humorístico brasileiro que permaneceu por mais tempo em exibição na TV.
Renato Aragão encontra-se no seu segundo casamento, com a fotógrafa Lílian Taranto. Tem uma filha, Lívian (1999), com a atual esposa além de outros quatro filhos do primeiro casamento com Marta Rangel - com quem Renato viveu por 34 anos([1957-1991]): Paulo (1960), Ricardo (1962), Renato Jr. (1968), e Juliana (1977). Dois episódios marcantes evidenciaram o lado religioso de Renato Aragão: o humorista já escalou o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, para beijar a mão da estátua, um sonho que realizou no programa comemorativo de 25 anos, exibido no dia:27 de agosto de 1991, da formação dos Trapalhões, e fez uma caminhada de São Paulo a Aparecida, levando uma imagem de Nossa Senhora Aparecida, para pagar uma promessa feita à santa, dias antes da exibição do projeto:Criança Esperança de julho de 1999.
Renato Aragão é Apresentador do Programa Tradicional e Especial Anual Criança Esperança, que conta com a participação de vários artistas, e tem por objetivo arrecadar fundos para ajudar crianças carentes.
Renato ficou afastado da TV depois da morte de seus companheiros Zacarias e Mussum (sem esquecer o querido Tião Macalé). Em 1998, estreou um programa inédito, com formato diferente, A Turma do Didi.
No ano 2000, festejou seus 40 anos de carreira. Em 2002, sua empresa Renato Aragão Produções Artísticas Ltda comemora 25 anos de sucesso. Nesse mesmo ano, Renato lançou o livro Meus Caminhos.
Em 2004, Os Personagens Didi e Dedé, Protagonizados Por Renato Aragão e Dedé Santana Se Reconciliaram no Programa Tradicional e Especial Anual Criança Esperança, Com Elogios, Sorrisos e Lágrimas, Com A Música No Mundo da Lua, de Michael Sullivan e Paulo Massadas.
Em 2008, em A Turma do Didi, da Rede Globo de Televisão, Depois de 15 Anos Separados Por Problemas Pessoais e Profissionais, Os Humoristas Renato AragãoDedé Santana Interpretaram A Dupla Didi e Dedé e Protagonizaram Várias Cenas. Depois Cantaram Com O Elenco Fixo e Com O Elenco de Apoio, A Música No Mundo da Lua, de Michael Sullivan e Paulo Massadas, Com Confetes e Bolo na Emoção da Volta de Dedé Santana a Rede Globo e A Dupla Com Renato Aragão. Eles Estiveram Juntos Também no Criança Esperança Fazendo Piadas Para O Público e Depois, Cantaram Com O Elenco Fixo de A Turma do Didi, As Músicas No Mundo da Lua, de Michael Sullivan e Paulo Massadas e Um Cientista Maluco, de PH Castanheira. e
Em 2009, Didi e Dedé Estiveram Juntos no Criança Esperança. Eles Se Apresentaram no Palco, Fazendo Piadas Para O Público. no Especial Show Criança Esperança de 2009 de Domingo, O Elenco Fixo de A Turma do DidiMichael Sullivan e Paulo Massadas. Cantaram A Música Super-Heróis Brasileiros, de
Em 2010, A Dupla Fazem Esquetes Humorísticos em Aventuras do Didi. A Dupla Se Apresentou no Palco do Especial Show dos 25 Anos do Criança Esperança, Fazendo Piadas Para O Público
Em 2011, será homenageado pela escola de samba paulista X-9 Paulistana. O enredo será: "De eterna criança a embaixador da esperança...Renato Aragão, Didi Trapalhão !" . Renato Aragão Trabalhará Com Dedé Santana nas Aventuras do Didi e no Criança Esperança.


Cidades Publicada em 26/01/2011 às 15:36 Passageiros sofrem com atraso dos ônibus em Caruaru

Esperar, esperar e esperar... Essa tem sido a rotina de muita gente. A reclamação é que em alguns bairros de Caruaru, no Agreste, os transportes públicos demoram mais de trinta minutos, para chegar aos pontos e pegar os passageiros. Veja mais informações no vídeo ao lado.


Bebê assassinado, em Bezerros, tem o corpo exumado

O corpo do bebê de sete meses assassinado, no ano passado, em Bezerros, no Agreste, foi exumado na manhã desta quarta-feira (26).
De acordo com o delegado responsável pelo caso, Rodolfo Cartaxo, os peritos do Instituto de Criminalística fizeram o recolhimento do material genético da criança. Ainda de acordo com Cartaxo, o procedimento está sendo feito para que durante o inquérito não haja nenhum tipo de falha.
O crime aconteceu no dia dez de novembro. Jhons Gabriel dos Santos, foi morto na casa onde morava. Em depoimento prestado na Delegacia, a mãe da criança disse que se ausentou de casa cerca de meia hora, ela teria ido a um mercadinho comprar leite para os filhos e quando voltou encontrou o bebê com marcas de sangue e de violência pelo corpo.
Ela ainda levou o filho ao hospital, mas ele não resistiu. A perícia comprovou que o menino não foi vítima de violência sexual. O delegado não quis dizer qual a linha de trabalho, nem quem são os atuais suspeitos, para não atrapalhar as investigações.


Historia de Lombardi

O locutor Luiz Lombardi Netto, do SBT, morre em sua casa . Foto: Supercomentario.com.br/Reprodução
Luiz Lombardi Netto morreu em sua casa, em Santo André
Foto: Supercomentario.com.br/Reprodução

Famosos usaram o Twitter para falar que sentem muito pela morte do locutor Luiz Lombardi Netto. O parceiro de longa data de Silvio Santos morreu aos 69 anos na manhã desta quarta-feira (2), em sua casa em Santo André, na região do ABC paulista.
O apresentador Luciano Huck, da Globo, foi um dos primeiros a lamentar a morte do locutor. "'É com você, Lombardi' vai ficar para a história da TV", disse. Arlindo Grund, Marcius Melhen, Sabrina Sato e Isabela Fiorentino também repercutiram a notícia da morte em suas páginas no miniblog. Confira:
Luciano Huck, apresentador: "'É com você, Lombardi' vai ficar para a história da TV. "Deixo aqui meu carinho a família do locutor Lombardi. Espero que o Silvio Santos faça uma generosa homenagem ao seu parceiro de tantos anos".
Fernanda Paes Leme, atriz: "O Lombardi se foi. Ele que era o cara da voz do SBT! Meus sentimentos aos familiares".
Rodrigo Scarpa, o repórter Vesgo do Pânico na TV: "Poxa, o Lombardi morreu? Não acredito! Silvio e Lombardi fizeram parte da minha infância. Estou muito triste!"
Wellington Muniz, o Ceará do Pânico na TV: "Lombardi era o único artista que era famoso sem precisar mostrar o rosto na TV. Tive o prazer em conhecê-lo numa gravação q fiz no SBT!"
Arlindo Grund, apresentador e consultor de moda: "Meus sentimentos a família do Lombardi! A eterna voz do SBT".
Marcius Melhem, ator: "Lombardi morreu! Esse sempre soube o que e como falar. Ao contrário do Lula que já ta hoje defendendo o Arruda nos jornais".
Sabrina Sato, apresentadora: "Gente, estou muito triste com a notícia do Lombardi... a voz do SBT".
Isabela Fiorentino, apresentadora e modelo:" O nosso querido Lombardi foi embora. Os domingos não serão os mesmos sem ele".
Carlos Massa, o Ratinho, apresentador: "Lamentamos o falecimento do nosso amigo e companheiro Lombardi. A voz que fez parte da história não só do SBT, mas de todo o Brasil!"
Monique Evans, repórter: "Como todo palhaço, vou esconder minha tristeza e engolir minhas lágrimas. Adeus Lombardi. Nunca vou entender a morte!"
Serginho Groisman, apresentador: "Conheci Lombardi, voz do Silvio. Muito boa gente. Não pude entrevistá-lo porque o Silvio Santos queria que ele fosse reconhecido pela voz! Na memória!"
Sérgio Mallandro, apresentador: "Queria desejar meus pêsames à família do meu amigo Lombardi do SBT. Ele acabou de falecer, que esteja com Deus, meu amigo".


História

Ratinho na coletiva de imprensa do SBT
Os boatos e publicações sobre a ida do Carlos Massa, o Ratinho, ao SBT não era novidade para a imprensa televisiva.[1] No momento em que terminou seu contrato com a CNT, em 1997, uma das propostas recebidas por Ratinho foi SBT.[1] Nesta época Silvio Santos pretendia te-lo como apresentador um programa de calouros.[1] Ganhou a Record que ofereceu uma participação nos lucros gerados pelo 0900. Desde então, varias outras propostas foram feitas pelo SBT, obrigando a Rede Record a aumentar o salario do apresentador para poder mante-lo.[1]
Surgiu com as diversas publicações em jornais da cidade de São Paulo e revistas (de circulação nacional), entre elas a entrevista do Ratinho a revista Isto É, em maio de 1998, que admitiu que recebe salário de baixo e que Silvio Santos ofereceu 10 vezes maior do que era ganho na Record.
Quando saiu da CNT em 1997, Ratinho mantinha negociações com o SBT, apesar de ter assinado com a Record.[2]
No inicio de 1998, Silvio Santos tentou contratar o apresentador, mas foi convencido a não fechar o negócio em função desta contratação poder agravar a crise financeira da emissora, devido ao fato que dificilmente um novo programa do Ratinho poderia dar um retorno financeiro.[2] A posição de Sílvio Santos começou a mudar com a ascensão de Moacyr Franco ao cargo de diretor de criação, passando a ser o braço direito do dono do SBT. Durante uma visita ao Domingo Legal, Ratinho deu inicio a uma nova e decisiva rodada de negociações usando como intermediário o apresentador Gugu Liberato.[2]

Estopim

O desempenho da estréia do Ratinho Livre no sábado (até então de segunda às sextas) dia 22 de agosto, levou o humorístico A Praça é Nossa, que até julho era líder em audiência, para a terceira posição (14x11 pontos), foi determinante na decisão de Sílvio Santos.[2]
Na semana seguinte começou com o anúncio de que a emissora estaria com problemas para fechar novos contratos de publicidade, que programas, como o "Fantasia", seriam extintos e que novas demissões deveriam ser realizadas. Alguns diretores da emissora entraram em rota de colisão com Moacyr Franco, devido a diferenças de opinião.[2]
No dia 26 de agosto, Luciano Callegari e Guilherme Stoliar, que eram contra a contratação de Ratinho, pediram demissão do SBT, não aceita por Sílvio Santos que decidiu manter os dois na emissora, porém afastados de qualquer cargo de comando e o SBT estava à beira do colapso.[2] No mesmo dia, o Ratinho não comparece para apresentar o Ratinho Livre na Record, pois foi reprisado o programa.
Na noite do dia 27, Silvio Santos, numa jogada de mestre ou num ato de desespero, assinava o contrato com Ratinho, anunciava na emissora, a contratação do apresentador.[2] Na mesma hora, pelo segundo dia seguido, Ratinho não comparece para apresentar o programa.
No dia 28 de agosto, a Agência JB divulgou com exclusividade que o SBT contratou o apresentador Ratinho e que o SBT terá que pagar US$ 43 milhões de multa pela rescisão do contrato à Rede Record.[3] No mesmo dia, o SBT anunciava em comerciais, além da contratação do Ratinho, o programa especial exibido na sexta-feira (até então horário de Tela de Sucesso) a entrevista coletiva à imprensa, que deu 13 pontos de audiência.[4] A Rede Record exibiu nova reprise do Ratinho Livre, que com intervalo comercial, era direito de resposta da emissora de que confirma a saída do Ratinho e que na próxima semana terá nova atração no lugar do Ratinho Livre, o Leão Livre, para dia 31 de agosto.[2]

Marcando o dia da estréia do Ratinho

Em 31 de agosto, a Rede Record entra com uma liminar na justiça para impedir que o SBT continue divulgando a estréia do "Programa do Ratinho" até que a dívida de R$ 43 milhões seja paga.[5] Desse dinheiro que Ratinho e SBT devem, R$ 20 milhões são pela quebra do contrato com a Rede Record e R$ 23 milhões à Abba Produções, empresa que administrava os sorteios do 0900.[5] Com a estréia do Leão Livre, com Gilberto Barros, marca 20 pontos, mantendo-se na segunda posição, perdendo apenas a Rede Globo, Silvio santos decide estrear o Programa do Ratinho na próxima semana, até então era para ser em outubro, além de resolver problema judicial por conta de que a emissora não tem dinheiro para pagar a multa rescisória, informação do dinheiro que foi vazada pelo próprio SBT.[6]
Em 1º de setembro, a imprensa divulga que o SBT e o apresentador Carlos Roberto Massa iniciaram um esforço com o objetivo de recrutar membros da antiga equipe do "Ratinho Livre", para tentar montar a própria equipe e que a estréia do programa foi antecipada para o dia 14 de setembro.[7] Três produtores que pertenciam à antiga equipe já foram designados como diretores dos núcleos de produção do novo programa: Valentino Guzzo fica responsável pela seleção de artistas e cantores; Rodolfo Scervino é o responsável pelas histórias dramáticas; Américo Ribeiro pela formulação de debates e denúncias.[7] Atilio Riccó foi convidado para ocupar o cargo de diretor-geral, mas deve permanecer na Record comandando o "Leão Livre" e o nome mais cotado para ocupar esta função é o de Odilon Coutinho. Já a Record cuida de ocupar os espaços vagos, fazendo uso de sua ampla estrutura jornalística, enquanto o programa da Record mantém segunda posição com 15 pontos com picos de 21.[7]
Em 2 de setembro, segundo a imprensa, o motivo da saída do Ratinho na Record é na verdade é por dinheiro: o apresentador recebia cerca de R$ 700 mil mensais, porém, quase dois terços deste valor era oriundo de sua participação no sistema de sorteios através do 0900, mediante um contrato de três anos que ele mantinha com a Abba Produções, empresa responsável pelos sorteios realizados na Rede Record.[5] Com a suspensão dos sorteios em meados de 1998, Ratinho deixou de ganhar a quantia referente a sua participação nos sorteios e, em função disto, passou a pleitear a incorporação da quantia no seu salário. A Record, que ainda tinha esperanças de retornar com os sorteios, não atendeu ao desejo de Ratinho. Aproveitando a situação, o SBT ofereceu R$ 800 mil em salário, alem do valor referente a dois merchandising em seu programa. Foi por causa desta tentadora proposta que Ratinho decidiu se transferir.[5] Também surgiu a notícia do incidente com o ministro José Serra, a exigência da direção da Record em receber uma lista dos políticos convidados para participar do programa é de praxe durante o período eleitoral. A emissora de Edir Macedo temia que fosse vítima de sanções como a sofrida pela Rede Bandeirantes.[5]
Em 3 de setembro, por conta de séries de vitórias consecutivas do Leão Livre na frente do SBT e se tornado-se líder de audiência quando termina a novela Torre de Babel da Rede Globo, foi anunciada a antecipação da estréia do Programa do Ratinho: dia 8 de setembro, não mais dia 14 de setembro.[8]

Estréia

Em 8 de setembro, numa terça feira, entrou no ar o Programa do Ratinho.[9] No dia anterior, a programação do SBT noturna era: Disney Club (19h), Chiquititas(20h), Fascinação (21h até 22hs), ficou assim: Disney Club (18h), Chiquititas (19h), Fascinação (20h) e Programa do Ratinho (21h). Na estréia, o Programa do Ratinho derrotou com facilidade o Leão Livre (25 pontos[10] com picos de 32,[11] contra 7[11][10]), mantendo o SBT na vice,[11] mas ao terminar o programa, o Leão Livre passou ser vice novamente,[11] com 16 pontos.[10]
No dia 10 de setembro, as redes SBT e Record empataram pela primeira vez durante meia hora durante os dois programas Programa do Ratinho e Leão Livre: 18 pontos.[12]
Em 14 de setembro, o Leão Livre vence o Tela Quente da Rede Globo pela primeira vez, até então nunca tinha ocorrido na época do Ratinho Livre, demonstrando que os 22 pontos prometidos ao Programa do Ratinho ficaram na promessa,[13] com média de 14 pontos com pico de 28 pontos.[14] No dia seguinte era a vez do Ratinho vencer.[15]

Outubro a Dezembro de 1998

Os primeiros meses do programa tiveram um caráter policial muito pesado o que rapidamente chamou atenção da Justiça, que intimou a produção no final daquele ano.

1999 a 2000

Durante os anos de 1999 e 2000, Ratinho alternava quadros policiais com variedades musicais e casos bizarros, testando a tolerância da sociedade e recebendo algumas advertências judiciais. 2001 a 2005
A partir de 2001, o programa adquire ares de entretenimento circense com calouros e os Exames de DNA, onde pessoas tiravam dúvidas sobre a paternidade dos filhos não assumidos pelos pais, na maioria das vezes culminando com lutas físicas entre os familiares no palco, mas também fazia reportagens como após a abertura do programa, exibia “A Cacetada do Dia”, reportagens o que aconteceu de errado no Brasil.

2006

Em 4 de março de 2006, o apresentador e o programa foram acusados, através da publicação da revista Veja, de terem recebido dinheiro para “falar bem” aos políticos do PT, principalmente ao Governo Lula (que enfrentava graves denúncias de corrupção) e a então prefeita de São Paulo, Marta SuplicyEscândalo do Mensalão. (2001-2004), segundo gravações feitas pelas polícias Civil de São Paulo e Federal com autorização da Justiça, com membros envolvidos no
Ratinho negou todas as acusações da revista, mas a audiência do programa caiu muito com a denúncia e perdendo com outras concorrentes, muda de horário por várias vezes e sai do ar meses depois.

1998-2006

Personagens

Contava com os seguintes participantes: Sombra, Rodela, Marquito, Azeitona, Caroço, Bola Sete, Bailarino - Clau (Robson Duarte), Santos - Lu -(Iran Thieme), Xaropinho e Tunico (marionetes), Joaquim e Tatu.

Atrações

No Programa do Ratinho misturavam-se reportagens informativas (denúncias, explicações de problemas populares) com apelações puras (exibição de portadores de doenças graves, alongamento de pênis, estimulantes sexuais, problemas conjugais, etc.), assim como havia também a promoção do reencontro de parentes que não se viam há décadas e os conhecidos testes de DNA, onde as pessoas brigavam para provar ou confirmar a paternidade e, no estilo dos circos, tocava-se parabéns pro papai ou ele não é o pai, dependendo do resultado do exame, que só era divulgado após vários minutos.
Para cada exame de DNA feito no palco havia uma dramatização com o elenco circense. Durante muitos anos o programa foi dirigido por Fábio Furiatti que supervisionavam uma equipe de humoristas, redatores, jornalistas e produtores especializados em matérias de impacto na opinião pública. Também no início do Programa havia a dança do primeiro lugar quando o apresentador e seus colegas de palco traziam um pódio e subiam no ponto mais alto, ao som do tema do Jornal Nacional, assim que o programa atingia o 1º lugar no IBOPE. Essa dançaRede Record e realizou diversas mudanças no formato que não foram suficientes para recuperar a enorme audiência do passado. foi uma das razões para se proibir a divulgação dos resultados nos programas. No ano de 2005, o diretor do programa demitiu toda equipe que trabalhava com o Ratinho desde os tempos da
A partir do ano de 2006, o programa não teve mais a trupe circense que tanto o notabilizou, o diretor que quis tornar o programa mais sério e jornalístico, mudou de horário, trazendo-o das 2h:30, 22h00, 18h50, 17h00 voltando para as 21h30 e posteriormente indo para as noites de sábado, com duas horas de duração.

Reestréia (2009)

Na primeira exibição em 2009, o programa contou com a homenagens de artistas a Carlos Massa. O Governador de São Paulo, José Serra, telefonou para o programa para parabenizar a volta do programa. Na ocasião, Ratinho anunciava que o programa conquistava a vice-liderança. No final do programa, os veículos de comunicação informavam que o programa chegou a arrematar 8 pontos no IBOPE com pico de 10 pontos na Grande São Paulo, dessa forma o programa dobrou a audiência do SBT e desbancou programas como Brasil Urgente, de Datena, que chegava a ficar em segundo lugar, e SP Record (apenas na Grande SP, pois o restante do país é o desenho do Pica-Pau) que oscilava em terceiro e segundo lugar[16][17]. Devido a baixa audiência, o SBT informa que o programa ganhará um novo horário. Será apresentado a partir do dia 29 de novembro de 2010 ás 21h15, voltando assim ao seu antigo horário que o consagrou.

Elenco

Cortina Premiada 2010

Se tiver loja em algum lugar, pode ter loja no valor de R$ 20.000,00 e R$ 50.000,00 no envelope, se tiver muita sorte no envelope ganha, ou pode ter na cortina, se tiver muita sorte na cortina ganha, se o participante perder a loja, o dinheiro do envelope escolhido desconta tudo, caso o participante vai embora.
No dia 8 de dezembro de 2010, apesar de ter ficado na terceira colocação, o Programa do Ratinho conquistou picos de 12 pontos de audiência, ficando por vários minutos a frente de sua concorrente, a Rede Record, que exibia sua principal novela. Ratinho aos poucos está se consolidando em seu novo horário e diminuindo a diferença entre sua maior rival, a Rede Record.
No dia 28 de dezembro de 2010, o Programa do Ratinho registra 3 pontos de média no Ibope,é o pior desempenho da atração comandada por Carlos MassaGlobo exibia a novela Passione e teve 44 pontos,seguido da RecordCSI e teve 8 pontos,ambas as concorrentes do Carlos MassaPrograma do Ratinho.[18] desde a estreia em novo horário,às 21h15. No mesmo horário de exibição do programa,a que exibia a série (Ratinho) tiveram mais do que o dobro do
No dia 3 de janeiro de 2011, o Programa do Ratinho registrou 6.3 pontos de audiência, mostrando um exame de DNA entre quatro pessoas, que após muita discussão e xingamento, terminou em pancadaria ao vivo entre duas mulheres, sendo que uma teve toda a roupa rasgada e a outra marcas pelo corpo.
No dia 19 de Janeiro de 2011, Ratinho levou ao ar o exame de DNA mais crítico da história da televisão, onde um casal da Bahia, um radialista e uma dona de casa casados que tinham três filhos descobriram que eram irmãos.
No dia 20 de Janeiro de 2011, aconteceu um dos momentos clássicos do programa, e que marcaria história na carreira do apresentador. Ratinho enfrentou lutadoras bolivianas profissionais em um ringue montado em um cenário fora do programa. Junto com a sua trupe circense e a banda, ele lutou com quatro mulheres e depois de muita pancadaria ele acabou derrotado. No 2º round ele retorna ao ringue e é escurrassado, mal podendo se levantar do chão. Marquito, Faxinildo, comentaristas e o resto da trupe acabam se dando mal e também são espancados pelas bolivianas. Uma das cenas mais engraçadas desse dia foi quando uma das lutadoras arrancou a roupa de Marquito e este ficou o resto do programa lutando só de cueca. Ratinho levou socos no braço e no peito, além de tapas no rosto e recebeu um golpe baixo até ser imobilizado pelas bolivianas. Essa foi a melhor fase do programa, e onde ele bateu seu récorde de audiência no horário, com picos de 13 pontos e garantindo a vice liderança.

____________Ultima chamada para as Oficinas de Maracatu_______________
O Maracatu Batuque do Sertão informa que as inscrições para as Oficinas serão GRATUITAS até o dia 31 de janeiro.
• Oficina de Alfaia, Caixa e Agbê.
•As atividades acontecem no fim de semana.
Realização das inscrições no Recanto do Coco, ou...
Para mais informações, entre em contato, maracatubatuquedosertao@hotmail.com ou, (87)9122.2495(Profº Douglas) / (87)9994.4330(Bartyra) / (87)9117.0247(Lalá).
...muito axé a todos !!


PREFEITA DE BOM CONSELHO PRIORIZA AUMENTO DE R$ 1.000,00 NA GRATIFICAÇÃO DOS SERVIDORES QUE TRABALHAM NA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

JÁ A TURMA DA LICITAÇÃO...


Prefeita Judith Alapenha apresenta projeto de Lei nº 02/2011, cita no "Artº 2 - FICA ESTIPULADO O VALOR DA GRATIFICAÇÂO DE PARTICIPAÇÂO EM COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO EM R$ 1.000,00 (HUM MIL REAIS)."

PROJETO DE LEI Nº 02/2011,
AUTORIA DA PREFEITA DE BOM CONSELHO

CLIQUE EM CIMA DO
PROJETO DE LEI PARA LER (01)

CLIQUE EM CIMA DO
PROJETO DE LEI PARA LER (02)


EM QUANTO ISSO OS DEMAIS
SERVIDORES MUNICIPAIS DE BOM CONSELHO ...




APOSENTADO PELA
PREFEITURA DE BOM CONSELHO





SERVIDOR MUNICIPAL
DE BOM CONSELHO



SERVIDOR
MUNICIPAL DA SAÚDE


PROFESSOR MUNICIPAL



GUARDA MUNICIPAL



MOTORISTA DO
HOSPITAL MUNICIPAL


GARI MUNICIPAL




TRABALHO DE VERDADE!




quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

cohab drilha 2010

 


INTRODUÇÃO

Todos os anos no periodo das festas juninas cerca de quanto mil pessoa vei a cidade de BOM CONSELHO para as festividades juninas muitos vei tambe com intuito de prestigiar as nossas apresentaçães culturais e culinarias do periodo junino.

Compreendo a importancia das festa juninas como forma de cultivar uma cultura tipicamente nordetina e saber utilizar deferentes formas recursos fisicos e tecnologicos acerca de adquirir conhecimentos com total interesse cultural neste ano trazemos em nosso bordão o
tema:COHAB DRILHA CULTURA COM TRADIÇÃO.

A quadrilha tradicional como conhecemos desde tempos vei se transfomando com o passar do anos passando a te hoje uma função diferente deixando de ser a palhoça e os matutos transformando-se num grupo de pessoas as quais chamamos de quadrilheiros fazendo da quadrilha não apenas motivo de lazer mais numa maneira de desenvolver a dança como habilidade artistica de expressão corporal transformado inovadora e comunicativa juntos a sociedade.

Nós que compomos a familia COHAB DRILHA sentimos a honrados em fazer parte dessa cultura humana e em festeja o PRIMEIRO ANO DA COHAB DRILHA juntamente com toda a população BOM CONSELHESE.

APRESENTAÇÃO

A quadrilha junina de primeiro ano COHAB DRILHA é composta por 40 componentes entre eles trinta (30) casais e dezs (10) da equipe de coordenadores tendo como principal finalidade a difusão entre crinças jovens e adultos da COHAB que participam das festividades junina atuando com alegria e disposição oportunidade o experimento da expressão corporal excetando suas potencialidades motoras expressivas ao se relacionador culturalmente por meio da dança.

Nessa interação os componente reconhecem semelhança e contrastes buscando compreender e cordena as diversas habilidades com o evento confequiçaõ de vestimentos a serem utilizadas no dia do evento e propagaçaõ da cultura local e os visitates elevando o mone do evento e do minicipio de BOM CONSELHO.

OBJETIVO

Temos como OBJETIVO GERAL o resgate e o despertar do gosto diante da participação da COHAB em geral pelas festividades juninas no intuito de reconhecerem nossa QUADRILHA e nossas raizes e vivencia-las como parte da cultura local mostrando para o nosso povo nordestino que devemos preservar e divulgar nossas origens podendo transmitir para todos os espectadores muita energia e disposição fazendo com que toda sociedade interaja por meio da cultura objetivo esse a ser alcançado por meio patrocionadores e parceiros que possam apoiar acompanhar e participar de nossa atividade cultural.

em termos de OBJETIVOS ESPECIFICOS buscamos reconhecer e desenvolver diversas expressoes contextualizadoras e compreendendo esta festividades como manifestação autentica sintentizadoras e reprentates da nossa cultura desenvolvendo laços de união amizade e coletividade integrando todos da COHAB e da COHAB DRILHA.

AGRADECIMENTOS

APOIO

PATROCINADORES